IMG_7895.jpg

BIO-RESERVA SERRA DA PESCARIA

A Bio-Reserva Serra da Pescaria é a segunda Bio-Reserva criada pela Milvoz, fruto da doação da área de terreno que atualmente a compreende. Localizada a sul da Nazaré, esta vertente da Serra da Pescaria acolhe nos seus solos calcários um bosque mediterrânico diverso de estrutura baixa, que resulta da sua elevada exposição aos ventos marítimos.

 

Neste enquadramento paradisíaco desenvolvem-se espécies vegetais características, como a sabina-das-praias, a aroeira, o carrasco, a urze, o pinheiro-bravo e o pinheiro-manso, criando uma formação vegetal densa e impenetrável, refúgio de múltiplas espécies animais. Entre as mais facilmente detetáveis destacam-se a toutinegra-de-cabeça-preta e a toutinegra-do-mato, aves bem adaptadas a arbustos densos, locais onde se refugiam e procuram alimento de forma frenética.

 

No cimo da encosta, no topo de uma planta mais alta, podemos encontrar o cartaxo-comum, com um olhar constantemente cuidadoso face aos movimentos no seu território. Menos fácil de detetar, a ferreirinha-comum entoa o seu canto melodioso escondida por entre os carrascos. Com uma notável capacidade de se manter imóvel no ar enquanto bate as asas, perscrutando o solo em busca de pequenos roedores, aves ou insetos, o peneireiro-comum encanta sempre a nossa vista.

No que diz respeito aos mamíferos, destaca-se a presença do coelho-bravo, denunciado pelos pequenos tuneis que constituem os seus trilhos por entre a vegetação, bem como pelas suas latrinas no meio do caminho. A sua presença atrai predadores como a raposa e a gineta, que também ocorrem na encosta.

 

Já no que concerne a répteis, o sardão é uma presença a assinalar, ainda que rara. As mais comuns lagartixa-de-Carbonell e lagartixa-do-mato atravessam frequentemente o nosso caminho nos dias de sol, sempre atentas a potenciais predadores como a implacável cobra-rateira.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom