Carvalhal arrasado para plantação ilegal de eucalipto em Ansião

A Milvoz encontrou uma nova parcela de terreno que foi ilegalmente convertida em eucaliptal, desta vez no concelho de Ansião. Uma área considerável de carvalho-português foi arrasada e substituída por eucaliptos, evento posterior à entrada em vigor da Lei nº 77/2017, de 17 de agosto.



Esta árvore exótica é altamente inflamável e, quando multiplicada em extensas monoculturas não geridas, propicia incêndios extremamente violentos, como os que têm assolado o nosso território recentemente. A Milvoz opõe-se veemente a agressões ao património natural e paisagístico desta índole, tendo remetido denúncia para SEPNA e ICNF. Pelo contrário, os nossos investimentos devem incidir num reforço da floresta autóctone, biodiversa e resistente ao fogo.


As imagens abaixo, antes e depois da intervenção mencionada, respetivamente, demonstram a dimensão dos estragos e vêm confirmar que devemos permanecer constantemente atentos à nossa floresta. Infelizmente, esta plantação não é caso único na região, existindo várias outras que estão a ser analisadas pela Milvoz.

Esta é a segunda denúncia de conversão em eucaliptal que realizamos este ano (veja aqui a primeira).