top of page

Bio-Reserva Sra. da Alegria

Localiza-se numa encosta íngreme orientada a norte, entre as povoações de Almalaguês e Rio de Galinhas, a quinze quilómetros da cidade de Coimbra.

Sobre os seus solos areníticos, desenvolve-se um frondoso coberto vegetal com características atlântico-mediterrânicas, estabelecendo-se nas zonas mais húmidas e sombrias um bosque de folhosas, onde domina o carvalho-alvarinho e o castanheiro, ao passo que nas cabeceiras mais expostas e secas impera o bosque mediterrânico, abundante em espécies como o sobreiro e o medronheiro.

278417796_981648272490463_2572850844834147031_n.jpg
408174527_661457016152767_4082035321736391882_n.jpg

Ao fundo da encosta, correm as águas permanentes do ribeiro dos Polomos, bordejado nos seus troços por aveleiras e salgueiros.

Esta encosta alberga um leque muito rico de biodiversidade, com particular destaque para as aves florestais, mesocarnívoros e ungulados, bem como répteis e anfíbios.

Em altura, nas copas, poderá ter a sorte de avistar espécies emblemáticas como o açor, o dom-fafe, o pica-pau-malhado-pequeno ou a trepadeira-azul, bem como o energético esquilo-vermelho.

Embrenhados no sub-bosque denso, todas as atenções são poucas para detetar o corço, a gineta, o texugo ou a fuinha, espécies esquivas e mais ativas nos extremos do dia.

Nos recantos mais húmidos e nas linhas de água, vale a pena procurar a rã-ibérica, a salamandra-lusitânica, o sapo-parteiro e o lagarto-d 'água, espécies carismáticas destes habitats. Perante esta riqueza de vida, a Milvoz desenvolve a gestão ambiental deste espaço de modo a garantir a conservação e maturação da floresta autóctone existente, bem como a conservação de toda a biodiversidade dela dependente.

Conduzimos continuamente a monitorização da fauna e flora e a melhoria dos vários habitats existentes, organizando atividades abertas à comunidade e desenvolvendo educação ambiental.

336042667_784328642585545_8398235949412131353_n.jpg
408174527_661457016152767_4082035321736391882_n.jpg

O controlo de espécies vegetais invasoras, a recuperação ecológica de zonas degradadas e o restauro da galeria ripícola, a construção de caixas-ninho e pontos de água, a construção e manutenção de trilhos de visitação e as sessões de observação da biodiversidade, são algumas das atividades organizadas pela Milvoz na Bio-Reserva Senhora da Alegria.

Para auxiliar este projeto de conservação, a Milvoz criou um grupo de cuidadores para a Bio-Reserva Senhora da Alegria do qual pode também fazer parte inscrevendo-se aqui.

Conheça o que estamos a preservar 

Em 2023, graças ao projeto 'Bio-Reserva Senhora da Alegria: Um projeto para beneficio do território e da comunidade', foi possível criar um guia sobre a fauna e flora presentes em toda a encosta. 

d7c49a_78ace17ede6e47039088601b2e56a5cd~mv2.webp
PDF_file_icon.svg.png

Parceiros que fazem toda a diferença!

 

Desde que nasceu, a Milvoz conta com o apoio de inúmeros cidadãos que permitiram, entre outras conquistas, a aquisição e expansão da Bio-Reserva Senhora da Alegria.

Contudo, a ajuda do setor empresarial não pode ser negligenciada, pois ela permite ampliar consideravelmente o efeito das medidas implementadas no terreno. Com a ajuda de parceiros empresariais, a Milvoz consegue avançar mais rápida e eficazmente no sentido de mudar o paradigma da preservação da natureza e do espaço rural em Portugal. ​​Aceitando novas parcerias para dar potencial a esta causa, eis quem decidiu dar voz à natureza até ao momento:

SementesPortugal2.png

Visite-nos!

Localizada entre as povoações de Almalaguês e Rio de Galinhas (Coimbra), a Bio-Reserva Senhora da Alegria pode ser visitada partindo de três pontos. A Capela da Nossa Senhora da Alegria (recomendado), a Casa do Fogo, ou a Fonte do Calvo.

40°07'20.8"N  8°23'20.5"W

bottom of page