O final de um projeto

No início de 2020, a Milvoz propôs-se dar a conhecer a biodiversidade que dá vida à Bio-Reserva Senhora da Alegria. Este projeto consistiu na elaboração de pequenos textos descritivos sobre uma ou mais espécies, precisando características morfológicas, comportamentos e curiosidades.



Publicados semanalmente nas nossas redes sociais, estes textos permitiram estabelecer importantes interações com as pessoas que nos seguem. Com a informação mais atualizada, os cidadãos puderam aprender sobre os mais diversos vertebrados da nossa fauna, as plantas que constituem a identidade do local e os seus invertebrados mais icónicos.


Não seguindo uma lista exaustiva, mas focando-se num subgrupo de espécies, a Milvoz demonstrou o tesouro que é a sua primeira Bio-Reserva, pois o projeto alongou-se por mais de dois anos. Foram 121 os textos publicados, correspondendo portanto a um número de organismos acima da média a coabitar em apenas 2 hectares de terreno. É por cada um deles e por nós (que os podemos observar e estudar) que devemos manter esta encosta bem preservada e procurar expandir esta filosofia a outros locais.